Pato de Crista

Sarkidiornis sylvicola (Ihering & Ihering, 1907) Nome(s) popular(es) Pato de Crista, Pato Cachamorro, Pato do Mato, Putrião. História Natural Está associado a rios, lagos e pântanos, onde costuma pousar na vegetação ao redor. É nativo por todos os biomas brasileiros. Se alimenta de sementes e folhas de plantas aquáticas, pequenos peixes, vermes e outros invertebrados, […]

Marreca de Bico Roxo

Nomonyx dominicus (Linnaeus, 1766) Nome(s) popular(es) Marreca de Bico Roxo, Marreca Rã (RS), Marreca Tururu, Marrequinha. História Natural Ave aquática comum em brejos e lagoas cobertas com vegetação aquática abundante, no Cerrado pode ser encontrada em corpos d’água e campos alagados. É uma ave sociável, ocorrendo aos pares ou em grupos de até 20 indivíduos. […]

Pato Corredor

Neochen jubata (Spix, 1825) Nome(s) popular(es) Pato Corredor, Ganso do Orinoco. História Natural Típico de regiões tropicais alagadas, como os Llanos Venezuelanos, a Amazônia, e algumas fitofisionomias do Cerrado, frequenta e se reproduz preferencialmente em margens arenosas de praias de rios, próximas a matas ciliares. No Cerrado, ocorre em savanas ou campos alagados. É uma […]

Pato Mergulhão

Mergus octosetaceus Vieillot, 1817 Nome(s) popular(es) Pato Mergulhão, Merganso do Sul, Mergulhador, Patão, Pato Mergulhador. História Natural Ave aquática extremamente rara e arredia, é praticamente endêmica (exclusiva) ao Cerrado. Está extremamente associado a rios límpidos, com água limpa e cristalina, especialmente rios corredios de regiões serranas e de planaltos, com fundo de areia ou rochoso, […]

Marreca Caneleira

Dendrocygna bicolor (Vieillot, 1816) Nome(s) popular(es) Marreca Caneleira, Marreca Peba, Tapuia, Xenxém. História Natural É uma ave aquática comum, típica de habitats abertos, como banhados e brejos, não adentrando muito em áreas florestadas. Pode ocorrer em grandes bandos, inclusive junto com outras marrecas, como a Marreca Cabocla. Se alimenta principalmente de plantas, especialmente gramíneas e […]

Marreca de Coleira

Callonetta leucophrys (Vieillot, 1816) Nome(s) popular(es) Marreca de Coleira. História Natural É uma ave aquática de populações um tanto escassas, típica de florestas e campos alagados, lagoas e brejos. Ocorrem geralmente aos pares ou em grupos pequenos de até 8 indivíduos, e pode se empoleirar em árvores para descansar. Se alimenta de matéria vegetal, como […]

Marreca Toicinho

Anas bahamensis Linnaeus, 1758 Vocalização Nome(s) popular(es) Marreca Toicinho, Queixo Branco, Paturi do Mato. História Natural É uma ave aquática relativamente comum que, diferente da maioria dos outros patos e marrecos (família Anatidae), está bastante associada a ambientes salinos, como manguezais, pântanos, riachos entremarés e pequenos lagos salinos ou salobros, motivo pelo qual se encontra notoriamente […]

Pé Vermelho

Amazonetta brasiliensis (Gmelin, 1789) Vocalização Nome(s) popular(es) Pé Vermelho, Picassinha (RS), Marreca Ananai, Ananaí, Asa de Seda, Paturi (PE e BA). História Natural Ave aquática comum em lagoas e brejos de todos os biomas brasileiros. No Cerrado, pode ocorrer em campos alagados. É mais ativa durante o dia, passando a maior parte do seu tempo buscando […]

Pato do Mato

Cairina moschata (Linnaeus, 1758) Vocalização Nome(s) popular(es) Pato do Mato. História Natural É um pato localmente comum, típico de rios, lagoas e charcos tropicais, estando presente em todos os biomas brasileiros. Costuma voar pela manhã ou fim de tarde, entre os locais de descanso e de alimentação. Se empoleira para descansar ou dormir, dando preferência para […]

Marreca Cabocla

Dendrocygna autumnalis (Linnaeus, 1758) Vocalização Nome(s) popular(es) Marreca Cabocla, Marreca Asa Branca, Asa Branca, Marajoara. História Natural É uma ave aquática, comum em lagoas, rios, pântanos e manguezais, mas que também frequenta áreas secas próximas a corpos d’água, como savanas, campos e plantações. Pode viver e se reproduz próximo a áreas urbanas. Costuma se empoleirar em […]