Dendrocygna bicolor (Vieillot, 1816)

Nome(s) popular(es)

Marreca Caneleira, Marreca Peba, Tapuia, Xenxém.

História Natural

É uma ave aquática comum, típica de habitats abertos, como banhados e brejos, não adentrando muito em áreas florestadas. Pode ocorrer em grandes bandos, inclusive junto com outras marrecas, como a Marreca Cabocla. Se alimenta principalmente de plantas, especialmente gramíneas e grãos, que podem estar submersas ou não, além de sementes, frutas, insetos, pequenos peixes, girinos e crustáceos. Pode ser ouvida vocalizando, principalmente à noite, com seus piados rápidos e agudos. Fazem ninhos preferencialmente no chão, sobre a vegetação aquática, mas podem usar ocos de árvores. A fêmea põe de 8 a 14 ovos brancos, e tanto os ovos quanto os filhotes são cuidados pelo casal em conjunto.

Descrição

Mede entre 45 e 53 cm. Sua cabeça, base do pescoço, peito e barriga são marrom acanelado. A parte superior do pescoço é esbranquiçada com pequenas manchas pretas. O dorso é escuro barrado de marrom, as patas e o bico são negros.

Distribuição

Sua distribuição é dispersa, ocorrendo no sul dos Estados Unidos, no México, no Caribe, Venezuela, Colômbia, Equador, Guianas e Suriname, algumas regiões do Peru, na Bolívia, Paraguai, Uruguai e Argentina. No Brasil é especialmente abundante no Sul, mas está presente também em todos os estados do Centro-Oeste, Sudeste e Nordeste, sendo menos abundante na região amazônica. Também ocorre na Índia e na África subsaariana, incluindo Madagascar.

Conservação

Pouco preocupante: não é considerado ameaçado (ICMBio e IUCN), porém suas populações mostram sinais de declínio (IUCN).

Referências

BirdLife International 2016. Dendrocygna bicolor. The IUCN Red List of Threatened Species 2016: e.T22679746A92827620. http://dx.doi.org/10.2305/IUCN.UK.2016-3.RLTS.T22679746A92827620.en. Downloaded on 01 October 2019.

 

Bruzual, J. & Bruzual, I. Feeding habits of whistling ducks in the Calabozo Ricefields, Venezuela, during the non-reproductive period. Wildfowl, 34: 20-26, 1983.

 

Carboneras, C. & Kirwan, G.M. (2019). Fulvous Whistling-duck (Dendrocygna bicolor). In: del Hoyo, J., Elliott, A., Sargatal, J., Christie, D.A. & de Juana, E. (eds.). Handbook of the Birds of the World Alive. Lynx Edicions, Barcelona. (retrieved from https://www.hbw.com/node/52796 on 1 October 2019).

 

Fulvous Whistling-Duck (Dendrocygna bicolor), In Neotropical Birds Online (T. S. Schulenberg, Editor). Cornell Lab of Ornithology, Ithaca, NY, USA. retrieved from Neotropical Birds Online: https://neotropical.birds.cornell.edu/Species-Account/nb/species/fuwduc

 

Gwynne, J. A., Ridgely, R. S., Argel, M., & Tudor, G. (2010). Guia Aves do Brasil: Pantanal e Cerrado. São Paulo: Horizonte.

 

Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade. 2018. Livro Vermelho da Fauna Brasileira Ameaçada de Extinção. Brasília: ICMBio. 4162 p.

 

Silva, J. M. C. da (1995). Birds of the cerrado region, South America. Steenstrupia, 21(1), 69-92.


Wikiaves. Marreca-caneleira 2019. Disponível em: <https://www.wikiaves.com.br/wiki/marreca-caneleira> Acesso em: 01 out. 2019.

);