Você sabe o que são os povos e comunidades tradicionais?

O dicionário político da Articulação Agro é Fogo debate esse e outros termos que atravessam a luta pela terra e território no Brasil. São 18 verbetes que buscam apontar como o avanço do agro afeta a vida no chão dos territórios de povos e comunidades do campo, gerando violência, exploração e degradação ambiental.


No Brasil temos cerca de 28 povos e comunidades tradicionais, entre eles: indígenas, quilombolas, quebradeiras de coco babaçu, raizeiras, apanhadoras de flores, ribeirinhas ou beiradeiras, de fundo e fecho de pasto, pescadoras, vazanteiras, retireiras, seringueiras, geraizeiras, pantaneiras… Isso sem falar nos acampamentos e assentamentos da reforma agrária.


Saiba mais sobre isso! Baixe e compartilhe agora, gratuitamente, o Dicionário Político da Articulação Agro é Fogo: www.agroefogo.org.br

);