Dinâmica de nitrogênio mineral em sistemas integrados de intensificação ecológica e cerrado nativo

Autor(a):

Rafael Rodrigues Silva

Resumo:

O objetivo deste trabalho foi avaliar a dinâmica do N mineral no solo nas formas de amônio (N- NH4+) e nitrato (N- NO3-) em três sistemas integrados de intensificação ecológica, (ILP, ILPF, SPD) e três Cerrado Nativos. Os estudos foram desenvolvidos na Embrapa – Cerrados, região de Planaltina Distrito Federal (DF). Os experimentos foram realizados com delineamento de blocos ao acaso e três repetições. As amostras de solo foram coletadas na profundidade de 0-5 cm. As avaliações nos Sistemas Integrados (ILP-ILPF) teve duração de dois anos de Fevereiro de 2012 a Fevereiro de 2014. Já o experimento no Sistema de Intensificação Ecológica Plantio Direto (SPD), foi realizado com milho em sucessão às plantas de cobertura e foi implantado em 2005. O nitrogênio mineral do solo nos experimentos foi analisado por destilação e posteriormente titulado. Os dados foram transcritos para uma planilha e tratados utilizando um programa para gerar gráficos de distribuição temporal. Os estudos no ILP e ILPF demonstraram uma variação total do nitrogênio mineral de (N- NH4+ e N- NO3-) foi de 0 a 93 mg N kg-1. O teor médio de N- NH4+ (0 a 93 mg N kg-1) foi geralmente mais elevado do que o teor de N- NO3- (0 a 25 mg N kg-1). Além de o N- NH4+ apresentar maior média geral (11,8 mg N kg-1 contra 3,2 mg N kg-1 ). O experimento conduzido no SPD demonstrou que os maiores teores de amônio e nitrato foram encontrados logo após os período de aplicação de fertilizantes. Após a primeira e segunda aplicação os maiores teores de amônio foram encontrados na braquiária ruziziensis com um pico de (40,74 mg N- NH4+) dois dias depois a primeira aplicação e no feijão-bravo-do-ceara com (15,05 mg N- NH4+) no dia seguinte após a segunda aplicação. Para o nitrato os valores mais altos foram observado no milheto e feijão-bravo-do-ceara logo as aplicações de N, ficando na faixa de (23,08 e 21,74 mg N- NO3-), o menor valor foi encontrado na braquiária ruziziensis. No entanto a forma amoniaca predomina no solo sob vegetação de Cerrado Nativo e a forma nítrica nos SIP e SPD. 

Referência:

SILVA, Rafael Rodrigues. Dinâmica de nitrogênio mineral em sistemas integrados de intensificação ecológica e cerrado nativo. 2015. 37 f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Gestão Ambiental)—Universidade de Brasília, Planaltina-DF, 2015.

Disponível em:

);