As águas que nos nutrem, conectam e ensinam: uma pesquisa-ação no Parque Olhos D’água

“A presente dissertação encontra-se referenciada nos pressupostos epistemológicos do paradigma da complexidade e da ecologia de saberes, através de uma compreensão reflexiva sobre o período de crise ambiental e transição paradigmática em que vivemos. Busca contribuir através do estabelecimento de conexões teóricas entre a ecologia e a educação, para o desenvolvimento de práticas educativas ambientais.
A educação ambiental desenvolvida possui alicerces na construção do sujeito ecológico, utilizando as bases epistemologicas da ecologia humana e da ecologia profunda para compreender a interação entre humano e meio ambiente, em suas distintas naturezas e propósitos.”

Para ter acesso ao PDF, clique aqui!

);