Annona crassiflora

Nome popular

Araticum

Habitat e distribuição

Savânico e florestal, em Cerrado Típico e Cerradão. Domínios: Cerrado, Amazônia e Pantanal.

Características da espécie

Árvore de 4 a 8m de altura, com tronco geralmente tortuoso revestido por casca áspera e corticosa. Folhas simples, alternas e coriáceas.  A floração ocorre entre setembro e novembro, com pequenas variações, dependendo da região.

Características dos frutos

Seus frutos são do tipo baga, com grande número de sementes por fruto e casca grossa, verde-amarelado e com odor forte quando maduro. Globosos e irregulares, carnosos e com polpa suculenta. O crescimento dos frutos inicia em novembro e a maturação ocorre na estação chuvosa, de janeiro a abril.

Aproveitamento

Seus frutos com sabor marcante são muito apreciados pela sua polpa doce que pode ser consumida ao natural ou sob a forma de doces, geléias, sucos, licores, tortas, iogurtes ou sorvetes. Na medicina popular, a infusão das folhas e das sementes pulverizadas é usada no combate à diarreia (Almeida et al., 1998), além de terem propriedades inseticidas.

Referências

ALMEIDA, S. P. de; PROENÇA, C. E. B.; SANO, S. M.; RIBEIRO, J. F. Cerrado: espécies vegetais úteis. Planaltina: EMBRAPA-CPAC, 1998. 464 p.

 

KUHLMANN, Marcelo. Frutos e sementes do Cerrado: espécies atrativas para a fauna. 2ª ed., Brasília, 2018.

 

VIEIRA, Roberto Fontes et al. Frutas nativas da região Centro-Oeste. Brasília: Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, 2006. 320 p.