O Partejar e a Farmacopéia de Dona Flor

O Partejar e a Farmacopéia de Dona Flor – Florentina Pereira Santos

Com organização de Juliana Floriano Toledo Watson, nasce “O partejar e a farmacopéia de Dona Flor: histórias e ensinamentos de uma mestra quilombola”. Desde 2013 Dona Flor vem trabalhando com Juliana na missão de compartilhar seus conhecimentos. Todo seu conteúdo foi transcrito de falas e selecionadas de maneira que fosse possível contar um pouco da história de Dona Flor e apresentar um manual de saúde integral. Além disso, traz uma farmacopeia com fotos e usos das principais plantas que Dona Flor trabalha, num total de mais de 150 plantas medicinais.
O livro conta com fotografias de Melissa Maurer, e do acervo da organizadora, com ilustrações exclusivas feitas pela artista Ani Ganzala e um designer belíssimo criado por Bia Menezes.

A realização dessa publicação foi possível graças ao apoio da Secretaria de Cultura do Estado do Goiás.

 

Você pode adquirir o livro através do seguinte link:

https://avaeditora.com.br/p/o-partejar-e-a-farmacopeia/

 

Sobre a autora:

 

Florentina Pereira Santos, a Dona Flor, nascida em 2 de fevereiro de 1938, é quilombola da comunidade Moinho, localizada em Alto Paraíso de Goiás. Dona Flor ganhou fama a partir de seu trabalho como parteira, raizeira e defensora do Cerrado e suas águas. Gestou 18 filhas/os e adotou mais de 27 vidas.

Neta de indígena, analfabeta, foi boia fria, garimpeira, tropeira, feirante, agente comunitária de saúde e assistente social. Hoje segue com o trabalho de roça fazendo doces, farinha, licores, e remédios. Raizeira, cuida de plantas, animais e de gentes humanas da família, da comunidade e do mundo. Como parteira, recebeu em seus braços 335 mininus.

);