Juventude rural e perspectivas de novas realidades por meio de ações presentes: experiência com jovens do assentamento Silvio Rodrigues

Autor(a):

Sabine Ruth Popov Cardoso

Resumo:

Partindo da problemática da negação à juventude rural na escolha entre permanecer ou viver na cidade, com relação às suas perspectivas em educação, lazer, trabalho, cultura e identidade como elementos que compõem sua territorialidade, esta pesquisa tem como objetivo estudar as perspectivas de continuidade no campo da juventude rural do Assentamento Silvio Rodrigues, para a identificação de resistência e busca por autonomia, com caracterização de novas territorialidades. O recorte espacial escolhido foi o assentamento Silvio Rodrigues, localizado no município de Alto Paraíso de Goiás, noroeste de Goiás, na Chapada dos Veadeiros. Inicialmente, a escolha se deu como opção a partir da dificuldade em encontrar um contexto de juventude rural organizada no Distrito Federal. No entanto, com o cnhecimento sobre o grupo de jovens se reestruturando no assentamento Silvio Rodrigues e suas expectativas em ações e dinâmicas, foi aberta a possibilidade do estudo da juventude a partir da metodologia escolhida e ferramentas estabelecidas em concordância com o estudo a partir do bioma Cerrado, no estado de Goiás, território com histórico de ocupação a partir da Marcha para Oeste. Para que seja possível chegar a resultados que apontem para uma perspectiva de continuidade no campo da juventude rural, por escolha, o trabalho se orientou para uma perspectiva de autonomia e constituição de novas territorialidades. Como metodologia, inicialmente foi realizada busca de dados, como relatórios, projetos e estudos. A partir disso, o grupo focal mostrou-se como técnica e metodologia apropriada para o grupo de jovens analisado, que permitiu além de respostas, a reflexão sobre como a juventude rural pode se compreender como categoria que, é ao mesmo tempo homogênea, mas que apresenta grande diversidade como característica. A formação de grupos representativos da juventude rural é de extrema importância para sua afirmação como categoria social em busca de direitos e autonomia.

Referência:

CARDOSO, Sabine Ruth Popov. Juventude rural e perspectivas de novas realidades por meio de ações presentes: experiência com jovens do assentamento Silvio Rodrigues. 2015. 125 f., il. Dissertação (Mestrado em Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.

Disponível em:

);