N.C. Myrcia sp / Fam. Myrtaceae

Nome Popular:

INTEGRADOR DA CONSCIÊNCIA;

PARA PESSOAS ESPECIAIS. ESFACELAMENTO DA CONSCIÊNCIA, INTEGRADOR. 

 

Esfacelamento da consciência, confusão mental, hipersensibilidade ao meio, fragilidade, desagregação. 

Quadros de esquizofrenia, surtos, estilhaçamento da consciência, falta de defesas do ego. 

Congelamento da mente, desorientação, solidão, vazio, sem conexão com a alma, prisioneiro, falta de luz… 

Dependendo do caso, integra a identidade saudável, clareia os conflitos e a confusão mental, integra o sujeito em si e promove contato com o eu. 

Proporciona percepção mais aguçada de si, fortalecimento das defesas do ego. 

Reestrutura e reorganiza. 

Vai buscar a luz, promove um aquecimento amoroso no coração, resgate de si. 

Muitas vezes o espírito se encontra aprisionado a falanges trevosas que controlam e enlouquece o ser, a alma é refém em função de algum acordo, vibração, dívida, entre outros (integrador da consciência, murici e jasmim manga). 

Esta essência auxilia nos estados de resgates desdobrado da consciência que se encontra sobre domínio. 

Amplia a capacidade de resgatar a luz e reorganizar a mente, integrando a consciência. Indicado também, às pessoas que são muito sutis e se misturam ao meio com facilidade e muitas vezes tornando-se muito vulneráveis às energias e consciências dos locais. 

Acabam limpando o campo das consciências, trazendo consigo as vibrações do local, para transmutar e requalificar. Muitas vezes, a aura se encontra expandida e capta as frequências e informações do meio. 

Tende-se a limpar o campo do ambiente e elevar as vibrações. Isto pode ser feito quando o sujeito se encontra bem consigo, com suas defesas bem estruturadas, com autoestima e/ou preparado para lidar com a filtragem do ambiente. 

Por outro lado, quando se está fragilizado, pode ficar identificado e conectado emocionalmente, alimentando e ampliando a sua fragilidade.

Isto pode provocar rupturas e desalinhamentos mentais devido à fragilidade, falta de defesa perante o meio, que vai aumentando a carga emocional podendo causar crises e estiramento.

 Quando acontece a desidentificação vivemos a compaixão. 

Esta é uma arte, a arte de conhecer a si mesmo, a arte de curar a si mesmo.

 

Fonte:

GONÇALVES, C. Florais do Cerrado: Chapada dos Veadeiros.

);