Diversidade funcional e riqueza de espécies lenhosas de Cerrado utilizadas na restauração ecológica no Distrito Federal.

Autor(a):

Willian Barros Gomes

Resumo:

A restauração ecológica é a atividade que promove a restituição da estrutura e funcionamento em ambientes degradados, com baixa capacidade de resiliência. Na maioria das vezes a restauração ecológica utiliza poucas espécies, o que resulta em baixa diversidade e insucesso. Nesse contexto o objetivo deste trabalho foi avaliar a diversidade funcional e a riqueza de espécies lenhosas nativas do Cerrado utilizadas na restauração ecológica no Distrito Federal. Foram levantadas espécies lenhosas comercializadas nos viveiros locais, indicadas nos Planos de Recuperação de Áreas Degradadas (PRAD’s) aprovados pelo órgão ambiental, espécies efetivamente presentes nos projetos de restauração ecológica executados e as espécies presente em fragmentos de Cerrado preservado no Distrito Federal (referência). A suficiência amostral das fontes de dados (viveiros, PRAD’s, projetos e referência) foi testada por meio de curvas de rarefação. Foram selecionados sete traços funcionais para avaliar as espécies encontradas: grupo ecológico (Mata ripária), síndromes de dispersão e polinização, deciduidade, exigência nutricional, associação com micorrízas e assimilação de nitrogênio. A diversidade funcional foi calculada através do índice Functional diversity (FD) e riqueza funcional (FRic). Foram listadas 604 espécies pertencentes à 82 famílias botânicas. Nos viveiros visitados foram encontradas 184 espécies, nos PRAD’s analisados foram recomendadas 285 espécies, nos 21 projetos de restauração avaliados encontraram-se 206 espécies e na referência foram observadas 442 espécies. Em média nos viveiros são encontradas 26 espécies, os PRAD’s recomendam 20 e os projetos utilizam 24 espécies. Os resultados indicaram que a riqueza funcional presente nos projetos executados é superior a encontrada nos viveiros e PRAD’s. Foram encontrados 10 grupos funcionais nas áreas de referência e 2 grupos funcionais nos viveiros, PRAD’s e projetos de restauração executados. A partir dos resultados encontrados foram propostas listas de espécies lenhosas nativas de Cerrado indicadas para restauração ecológica no DF. Com 34 espécies é possível ter a diversidade funcional presente em formação florestal. Com 14 espécies na formação savânica.

Referência:

GOMES, Willian Barros. Diversidade funcional e riqueza de espécies lenhosas de Cerrado utilizadas na restauração ecológica no Distrito Federal. 2018. vi, 108 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.

Disponível em:

);