Cooperativa Interestadual do Movimento das Quebradeiras de Coco Babaçu

 

Em 1991, com a ajuda de organizações não governamentais, as quebradeiras articularam o primeiro Encontro Interestadual das Quebradeiras de Coco Babaçu, em São Luís-MA, que acabou resultando na criação da Articulação das Mulheres Quebradeiras de Coco Babaçu. Em 1995, no segundo Encontro Interestadual, mudam o nome para Movimento Interestadual das Quebradeiras de Coco Babaçu – MIQCB. Em consequência foi  possível a luta de proporções nacionais e depois o ganho das terras, a derrocada do machismo, e a ascensão dos direitos de agricultura, de mulher e cidadã, na realidades dessas mulheres. O MIQCB mostrou para essas mulheres que não existe a exclusão feminina, e isso fez com que a vida das quebradeiras de coco melhorasse muito, e elas passassem a ser ativas socialmente e economicamente. O MIQCB assume principalmente um caráter ideológico, em que se tem a busca pela educação e conscientização dessas trabalhadoras rurais. Também promove discussões em grupos nas diferentes comunidades de todos os estados, liderados pela assessoria e diretoria de cada um, que tiveram oportunidade de estudo no ensino superior e acesso a ajuda de professores das diferentes universidades federais, que conhecem e apoiam o movimento.  A Cooperativa Interestadual das Mulheres Quebradeiras de Coco Babaçu (CIMQCB) é uma organização de grupos produtivos comunitários formados por mulheres que coletam e processam o coco babaçu nos estados do Pará, Maranhão, Tocantins e Piauí. A CIMQCB foi fundada em 2009 e está sediada em São Luís, Maranhão. Compartilhando saberes para lidar com a produção, o beneficiamento e a comercialização dos derivados do babaçu – ou seja, com todas as etapas da cadeia produtiva –, as quebradeiras de coco produzem artesanato, sabonetes, sabão, massa de babaçu, azeite, carvão vegetal, óleo e resíduo para ração animal. São produtos naturais, elaborados sem o uso de conservantes e de agrotóxicos e sem a prática da derrubada e queimada de florestas de babaçu. No entanto, tais produtos necessitam de uma política de preços que seja justa e de um mercado que reconheça sua qualidade, valor e especificidades.

 

É uma Cooperativa de organizações lideradas por trabalhadoras rurais extrativistas do Babaçu dos Estados do Pará, Tocantins, Piauí e Maranhão. Essas mulheres vêm transformando seu dia-a-dia em movimentos pela distribuição de renda, pela inclusão, pela preservação da natureza e pela diversidade de idéias e modos de vida.

 

Azeite de Babaçu, Sabonete de Babaçu, Sabão de Coco Babaçu, Farinha de Babaçu e Artesanato.

Endereço: Rua São Raimundo, quadra 42, casa n°09. Bairro Jardim Eldorado, São Luís – Maranhão.

CEP: 65067-272

Telefone: (98) 3268-3357 / 3221-4163

E-mail: babacuprodutos@miqcb.org.br 

 

Site: https://www.miqcb.org/

Conheçam as suas redes sociais

Referências

Cooperativa Interestadual do Movimento das Quebradeiras de Coco Babaçu.    Central do Cerrado, 2020. Disponível em: http://www.centraldocerrado.org.br/comunidades/cimqcb/. Acesso em: 02 de maio de 2020.

 

Cooperativa Interestadual do Movimento das Quebradeiras de Coco Babaçu. Movimento Interestadual das quebradeiras de Coco Babaçu, 2020. Disponível em: https://www.miqcb.org/. Acesso em: 02 de maio de 2020.

);