N.C. Chresta exsucca / Fam. Asteraceae

Nome Popular:

ASSA-PEIXE;

Especificações:

Apego, liberação.

Coloração – Erva ou subarbusto de cerrado, flores lilás escura em longa haste oscilante.

Chackras – do primeiro ao sétimo. Corpo – Físico astral e espiritual.

Linha da Kundalini produzido em junho de 2000.

DEIXAR IR…

Indicado para pessoas muito apegadas aos seus entes queridos, que não permitem que estes sejam livres, valendo-se da energia para garantir seu poder sobre eles.

Indicado para mães e filhos, bebês que querem colo e adoecem facilmente, crianças com catapora, sarampo, dor de garganta.

Para pessoas possessivas, egoístas e superprotetoras que desejam retribuição por seu sacrifício, por tudo que fazem pelos outros.

Relações simbióticas de modo geral. Comportamento autocentrado.

Situações de rompimento, perdas, separações, apego e difícil aceitação de liberação, obsessões.

Este floral promove o desapego, libertando a pessoa de interferências alheias, deixando-a livre para tomar

suas próprias decisões, bem como para vivenciar experiências de respeito e amor.

Em um nível mais sutil, libera pessoas presas umas às outras, já desencarnadas. Libera e limpa o campo energético, cortando as amarras.

Deixar ser e ser.

Aceitar sua própria orientação, vislumbrando uma perspectiva espiritual para a vida, lembrando-nos que somos unos com o todo.

Este floral auxilia no recolhimento das ligações energéticas que se estabeleceram em vida entre as pessoas. Quando a alma se liberta do corpo físico, há um desligamento, processado entre o desencarnado e os que permanecem na matéria, em um período de aproximadamente 40 dias inicialmente.

Este período pode variar de acordo com o entendimento de cada um.

Fonte:

GONÇALVES, C. Florais do Cerrado: Chapada dos Veadeiros.

N.C. Chresta exsucca / Fam. Asteraceae

Nome Popular:

Assa-Peixe;

Especificações:

Apego, liberação.

Coloração – Erva ou subarbusto de cerrado, flores lilás escura em longa haste oscilante.

Chackras – do primeiro ao sétimo. Corpo – Físico astral e espiritual.

Linha da Kundalini produzido em junho de 2000.

DEIXAR IR…

Indicado para pessoas muito apegadas aos seus entes queridos, que não permitem que estes sejam livres, valendo-se da energia para garantir seu poder sobre eles.

Indicado para mães e filhos, bebês que querem colo e adoecem facilmente, crianças com catapora, sarampo, dor de garganta.

Para pessoas possessivas, egoístas e superprotetoras que desejam retribuição por seu sacrifício, por tudo que fazem pelos outros.

Relações simbióticas de modo geral. Comportamento autocentrado.

Situações de rompimento, perdas, separações, apego e difícil aceitação de liberação, obsessões.

Este floral promove o desapego, libertando a pessoa de interferências alheias, deixando-a livre para tomar

suas próprias decisões, bem como para vivenciar experiências de respeito e amor.

Em um nível mais sutil, libera pessoas presas umas às outras, já desencarnadas. Libera e limpa o campo energético, cortando as amarras.

Deixar ser e ser.

Aceitar sua própria orientação, vislumbrando uma perspectiva espiritual para a vida, lembrando-nos que somos unos com o todo.

Este floral auxilia no recolhimento das ligações energéticas que se estabeleceram em vida entre as pessoas. Quando a alma se liberta do corpo físico, há um desligamento, processado entre o desencarnado e os que permanecem na matéria, em um período de aproximadamente 40 dias inicialmente.

Este período pode variar de acordo com o entendimento de cada um.

Fonte:

Florais do Cerrado – Chapada dos Veadeiros Claudia do Valle Gonçalves.
);