Alterações morfofisiológicas de genótipos de trigo sob lâminas de irrigação

Autor(a):

Larissa Queiroz Ramos

Resumo:

O objetivo do trabalho foi avaliar as alterações morfológicas e quantificar os teores de prolina nas folhas de 5 genótipos de trigo submetidos a diferentes lâminas de irrigação. O experimento foi conduzido na Embrapa Cerrados, no inverno de 2018. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso com três repetições, em esquema de subparcelas. As parcelas foram cinco genótipos de trigo (Aliança, Sintonia, BR 18, CPAC 8318, CPAC 9110) e as subparcelas, os regimes hídricos (562 mm, 444 mm, 302 mm, 222 mm). Os dados foram analisados no programa SISVAR e a comparação de médias foi feita pelo teste de Tukey (p<0,05). Dados foram transformados em√ (X + 1). Os genótipos apresentaram, em média, redução de 24,8% do peso de parte aérea, principalmente na menor lâmina aplicada 222 mm, comparada com a maior lâmina de água aplicada (562 mm). A razão raiz/parte aérea apresentou um aumento significativo na comparação da menor com a maior lâmina de água aplicada. Os genótipos apresentaram comportamento semelhante sob condições de estresse hídrico.

Referência:

RAMOS, Larissa Queiroz. Alterações morfofisiológicas de genótipos de trigo sob lâminas de irrigação. 2019. 35 f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Agronomia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2019.

Disponível em:

);