N.C. Bauhinia bongardii / Fam. Fabaceae

Nome Popular:
Especificações:

Tristeza, desilusão, melancolia. 

Coloração – arbusto do cerrado flores brancas. 

Chackra – Cardíaco Corpo – astral Acesso ao corpo emocional nível mental superior Linha da Kundalini (2000) 

BRINCALHÃO, FFESTIVO, RADIANTE, CONTENTE, SATISFEITO, EXPANSIVO, RISONHO, FELIZ, ALEGRE. 


Indicado para pessoas portadoras de toda e qualquer doença ou debilidade pulmonar e/ou respiratória. 

Também para diabéticos. 

Recomendado para indivíduos com pouca disposição energética, Tristes por perda amorosa, nesta ou em outra encarnação. Dificuldade para relacionar-se afetivamente. 

Necessita restabelecer a capacidade de amar, recuperar o amor-próprio, aumentar a autoestima. 

Trabalhar as perdas amorosas. 

Este floral limpa e regenera o sistema respiratório, auxilia a restabelecer a capacidade de amar e ser amado. 

Propicia uma maior integração afetiva e melhora no contato físico e emocional. 

É o floral que “adoça o coração”. Trabalha no Chackra do Coração, reconstituindo as energias amorosas, envolvendo todo o sistema respiratório, principalmente os pulmões. 

Limpas as desilusões e as dores que estão registradas no corpo energético vibracional.

 Trabalha nas perdas amorosas, facilitando os processos terapêuticos relacionados a esse estado de ânimo.

 É recomendado associar este floral com o Alecrim do Cerrado e com o Carne-de-Vaca.

Fonte:

GONÇALVES, C. Florais do Cerrado: Chapada dos Veadeiros.

);