Inventário florestal participativo no Assentamento Pequeno William, Planaltina –DF

Autor(a):

Diego Ruas Silva

Resumo:

Este trabalho de pesquisa realizado no Assentamento Pequeno William,em Planaltina–DF, integrou metodologias participativas ao inventário florestal em três etapas distintas: no planejamento, na execução em campo e na discussão dos resultados. Foram amostrados aleatoriamente deztransectosde100 x10m (1000m²),totalizando 1 ha com 1.696 indivíduos arbóreos e arbustivos vivos distribuídos em 87 espécies, 37 famílias e61 gêneros. As famílias Leguminosae, Vochysiaceae, Compositae (Asteraceae) e Melastomataceae apresentaram a maior riqueza de espécies. O índice de Shannon (H’=3,64)confirma a alta diversidade encontrada na área. A área basal total encontrada foi de 15,2 m²/há e o volume total de madeira estimado ficou em 34,45 m³/ha. Das espécies identificadas 78,2%tem algum uso não-madeireiro, onde 59,8%são medicinais, 20,7%são alimentícias e 24,1% são utilizadas no artesanato. Estas espécies úteis representam 92,7%do total de indivíduos. Entre as espécies potenciais que se destacaram em abundância para o extrativismo sustentável no assentamento estão: Annonacrassiflora, Caryocar brasiliense, Byrsonima verbascifolia, Pouteria ramiflora, Roupala montana, Qualea grandiflora,Styrax ferrugineus e Kielmeyera coriacea.

Referência:

SILVA, Diego Ruas. Inventário florestal participativo no Assentamento Pequeno William, Planaltina –DF. 2016. 38 f., il. Trabalho de conclusão de curso (Bacharelado em Engenharia Florestal)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016

Disponível em:

);