Ìndice de qualidade do solo para a avaliação do impacto de diferentes usos e manejos e sua aplicação em uma área rural de Planaltina (DF)

Autor(a):

Clara Milena Concha Lozada

Resumo:

Com o objetivo de desenvolver e aplicar um índice de qualidade do solo para a avaliação do impacto de diferentes usos e manejos em áreas de Cerrado, foram analisadas propriedades físicas (textura, taxa de infiltração de água no solo – TI e resistência mecânica do solo à penetração-RP), químicas (matéria orgânica do solo-MOS, saturação por bases-V, fosforo-P, acidez-pH, capacidade de troca de cátions-CTC) e biológicas (cobertura do solo e besouros coprófagos-C+R) de seis áreas experimentais, situadas sobre um Latossolo Vermelho franco-argilo-arenoso, na zona rural de Planaltina (DF). As seis áreas experimentais foram: Cerrado (stricto sensu)-CSS, Cerradão-CE, Reflorestamento de 10 anos (Enterolobium gummiferum)-R10, Reflorestamento de 1 ano (Handroanthus impetiginosus, Piptadenia gonoacantha, Triplaris gardneriana, Myracrodruon urundeuva, Sterculia striata)-R1, Lavoura de milho (Zea mays)-LM e uma Pastagem degradada (Brachiaria decumbens)-PD. Depois de obtidas as médias dos parâmetros F/Q/B em cada uma das áreas experimentais, foram atribuídos os escores 1, 2 e 3, para o terceiro, segundo e primeiro lugar do ranking das seis áreas, respectivamente, sendo a qualidade do solo estimada pela soma ponderada dos escores entre o número de variáveis de propriedade. O índice de qualidade do solo, calculado para as áreas experimentais acima, variou de 5,0 para o Cerradão até 2,2 para o Reflorestamento de 1 ano, sendo o primeiro classificado como Alto, e os outros cinco como médios.

Referência:

CONCHA LOZADA, Clara Milena. Ìndice de qualidade do solo para a avaliação do impacto de diferentes usos e manejos e sua aplicação em uma área rural de Planaltina (DF). 2015. xi, 80 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.

Disponível em:

);