Hemiodus unimaculatus (Bloch, 1794).

CP 14,2 cm

Nome(s) popular(es):

Voador, lapixó.

Tamanho

Até 21,5 cm de comprimento padrão.

Alimentação

Ingere organismos bentônicos.

Nome Xavante:

Pe’adzarébé’watsa.

Dimorfismo sexual secundário

Sem traços óbvios.

Usos e importância da espécie

Apreciada como alimento, elo importante na cadeia alimentar dos ambientes onde vive.

Descrição da espécie

Corpo alongado, fusiforme, recoberto por escamas ciclóides, pequenas nos flancos  superior e gandes no inferior (o que a diferencia facilmente de H. gracilis e H. microlepis) ; fenda bucal (vista ventralmente) arredondada; maxila superior não protráctil e com dentes multicúspides e de coroa larga: mandíbula desprovida de dentes; linha lateral completa, 71-77 (o que também a distingue de H. gracilis e H. microlepis); nadadeira caudal nua, bifurcada, pontuda. Corpo prateado; lobos da caudal com faixa escura, larga no inferior (o que a separa prontamente de H. microlepis); mácula meio- lateral (o que prontamente a diferencia de H. gracilis ). Espécie rara nos cursos superior e médio dos riachos e córregos do PESA, mas freqüente nos inferiores no período de águas altas.

 

Referência:

Venere, Paulo Cesar; Garutti, Valdener.Peixes do Cerrado-Parque Estadual da Serra Azul-Rio Araguaia, MT. São Carlos: RiMa Editora, FAPEMAT, 2011.p.61

 

);