Do Cerrado

Dona Ana e seu Zilas são Agricultores familiares e agroextrativistas. Eles tem o intuito de incentivar o uso e consumo das frutas e ervas nativas do Bioma Cerrado. Comercializam Licores, doces e outros produtos processados a partir das espécies nativas do cerrado. O casal coleta outras frutas, como caju, mangaba, cagaita, jatobá e pimenta-de-macaco.

Ana Maria Romeiro Rodrigues e João Evangelista de Macedo, são fornecedores que ajudam a colocar o cerrado nas mãos de grandes e talentosos chefes do Distrito Federal. Eles são responsáveis por nutrir  os brasilienses no sábado de manhã na Ceasa-Df e fazer com que chegue nas mãos de chefs da Capital muitos produtos nativos. São muito dedicados à conservação e proteção do Bioma Cerrado. Integram a comunidade Coletores e Processadores de Frutas Nativas do Cerrado do Slow Food Brasil.

 Licores e doces nativo do Cerrado.

Endereço: Brasília 

Telefone: + 55 61 99642- 2058

E-mail: docerrado9@gmail.com 

 

Site: Não possui 

Conheçam as suas redes sociais

Referências

Do Cerrado. Cerrado no prato, 2020. Disponível em: https://cerradonoprato.com/lista-de-produtores. Acesso em: 18/05/2020.

Do Cerrado. Correio Braziliense, 2020. Disponível em: http://blogs.correiobraziliense.com.br/lianasabo/cajuzinho-colhido-no-cerrado-vai-para-italia/. Acesso em: 18/05/2020.

Do Cerrado. Instagram, 2020. Disponível em:https://www.instagram.com/p/B-s2DUJDZN5/. Acesso em: 18/05/2020.