Cajado

Nome Popular:

CAJADO;

Especificações:

Raiva contida, ferocidade.
Coloração – arbusto de campo do cerrado, flores Amarelo pálido.
Chackras – Diafragma e Timo.
Limpeza e transformação – Imunidade e proteção. Linha do Hara. (2002)

MEDO QUE PARALIZA – LIBERAÇÕES.

Raiva contida, desejo reprimido de violência, que se manifesta através da voracidade, culpa, compulsão alimentar. Agressividade controlada que acaba manifestando-se em seu próprio corpo ou através de ataques inconscientes e/ou conscientes ao outro.
Ataque energético que libera a raiva, através do desejo de destruição do outro, de forma inconsciente e/ou velada. Forma pensamentos nocivos, contaminações psíquicas negativas.


Geralmente pessoas com grande capacidade e poder pessoal. Muitas vezes o individuo usa esse poder contra si, por dificuldade de entrar em contato com o desejo reprimido e lidar com a sua ferocidade, as feras das entranhas.
Deseja o que é do outro. Desejo de destruir. Desejo de ter grandeza, de controle e poder. Percebe-se certa excitação.
Purificação da energia bloqueada que impede a realização do propósito na vida, que resulta em uma limpeza emocional. O processo de limpeza é sempre positivo, mas pode não ser agradável no momento em que é feito. Auxilia na liberação de miasmas do corpo emocional.


Revela e equilibra, traz à consciência e possibilita lidar com os conteúdos manifestos, liberando, elaborando e equilibrando.
Observe as sensações, deixe-as ir sem lutar, resistir ou tentar mudá-las.
Aceite a purificação com alegria e envolva-se em uma energia de amor.
Também é indicado onde há situações de medos que paralisam. É ao mesmo tempo uma essência que ajuda a atravessar o deserto, dá sustentação para momentos difíceis.
Indicação de sintomas físicos – Gota e acido úrico.

Fonte:

GONÇALVES, C. Florais do Cerrado: Chapada dos Veadeiros.

Cajado

Nome Popular:

CAJADO

Especificações:

Raiva contida, ferocidade.
Coloração – arbusto de campo do cerrado, flores Amarelo pálido.
Chackras – Diafragma e Timo.
Limpeza e transformação – Imunidade e proteção. Linha do Hara. (2002)

MEDO QUE PARALIZA – LIBERAÇÕES.


Raiva contida, desejo reprimido de violência, que se manifesta através da voracidade, culpa, compulsão alimentar. Agressividade controlada que acaba manifestando-se em seu próprio corpo ou através de ataques inconscientes e/ou conscientes ao outro.
Ataque energético que libera a raiva, através do desejo de destruição do outro, de forma inconsciente e/ou velada. Forma pensamentos nocivos, contaminações psíquicas negativas.


Geralmente pessoas com grande capacidade e poder pessoal. Muitas vezes o individuo usa esse poder contra si, por dificuldade de entrar em contato com o desejo reprimido e lidar com a sua ferocidade, as feras das entranhas.
Deseja o que é do outro. Desejo de destruir. Desejo de ter grandeza, de controle e poder. Percebe-se certa excitação.
Purificação da energia bloqueada que impede a realização do propósito na vida, que resulta em uma limpeza emocional. O processo de limpeza é sempre positivo, mas pode não ser agradável no momento em que é feito. Auxilia na liberação de miasmas do corpo emocional.


Revela e equilibra, traz à consciência e possibilita lidar com os conteúdos manifestos, liberando, elaborando e equilibrando.
Observe as sensações, deixe-as ir sem lutar, resistir ou tentar mudá-las.
Aceite a purificação com alegria e envolva-se em uma energia de amor.
Também é indicado onde há situações de medos que paralisam. É ao mesmo tempo uma essência que ajuda a atravessar o deserto, dá sustentação para momentos difíceis.
Indicação de sintomas físicos – Gota e acido úrico.

Fonte:

Florais do Cerrado – Chapada dos Veadeiros Claudia do Valle Gonçalves.
);