Cordel

Em setembro de 2018 o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) reconheceu a literatura de cordel como patrimônio cultural do Brasil e a registrou no Livro das Formas de Expressão. Mais popular no Norte e Nordeste do País, o cordel é caracterizado por versos e rimas impressos em folhetos simples, acompanhados de ilustrações. A leitura do texto é feita de forma cantada, tradição nascida entre os próprios cordelistas que declamavam seus versos como uma canção para atrair compradores mas hoje em dia, o cordel também anda nas redes sociais, o mundo virtual da web conectam os fios da tradição com os fios da internet, fazendo a comunidade cordelista permanecer em rede, interagindo e tornando mais dinâmico o bem cultural.

);