Fortalezas Slow Food

As Fortalezas Slow Food fazem parte de um programa iniciado em 1999, para construir com os agricultores familiares e produtores artesanais caminhos para superar suas dificuldades, reunindo agricultores e produtores isolados e conectando-os com mercados mais sensíveis que valorizam os seus produtos.

 

As Fortalezas Slow Food são projetos concretos de desenvolvimento da qualidade dos produtos nos territórios, envolvendo diretamente os pequenos produtores, técnicos e entidades locais. São pequenos projetos dedicados a auxiliar grupos de produtores artesanais e preservar os produtos artesanais de qualidade.

 

As estratégias das Fortalezas Slow Food variam conforme as necessidades e características de cada grupo, e vão desde a aproximação entre produtores, o apoio na construção de protocolos de produção, divulgação dos produtos, até investimentos diretos em equipamentos e subsídios para a produção.

 

 

As Fortalezas Slow Food visam conservar um produto tradicional em risco de extinção (como no caso de produtos que já integram a Arca do Gosto), preservar uma técnica de produção tradicional em risco de perda cultural (como no caso de pesca, produção animal, processamento ou cultivo), ou conservar paisagens rurais e ecossistemas em risco, através de sustentabilidade ambiental (limpo) e socioeconômica (justo), garantindo a viabilidade futura para os produtos tradicionais.

 

 

Fonte: https://slowfoodbrasil.org/fortalezas/

Baixe gratuitamente a publicação “As Fortalezas Slow Food”, como criar uma Fortaleza, estabelecer relações com os produtores e organizar as atividades do projeto:

 

https://slowfoodbrasil.org/wp-content/uploads/2013/11/slowfoodbrasil.com_documentos_slowfood-livreto-fortalezas.pdf