A agricultura no processo de modificação do cerrado no município de Goiás-GO

Autor(a):

Raphael da Silva Aguiar Pires

Resumo:

O presente estudo faz uma abordagem dos efeitos nocivos que a ocupação desordenada, provocou no bioma Cerrado com especial atenção para o Município de Goiás. Desta forma, procura-se fazer uma investigação sobre os impactos causados pela agricultura no cerrado. Sabe-se que o processo de ocupação provocado pelas atividades humanas é a principal causa dos problemas ambientais que o bioma tem sofrido, dos quais os mais graves são o desmatamento com perda da riqueza vegetal e animal, além da degradação de solos e rios, para dar lugar as pastagens e lavouras. Com isso, o cerrado já perdeu cerca de 80% de sua vegetação original, restando apenas 20% de áreas conservadas.O projeto adota como recorte espacial o Município de Goiás – GO, haja vista que este território tem como cobertura vegetal o cerrado e uma atividade agrícola predominante, por pequenos agricultores de base familiar, quanto por grandes agricultores, em minoria, que utilizam mão-de-obra assalariada temporariamente,que juntos transformam a região dos cerrados em uma grande produtora agrícola. Isso se deve a aplicação de corretivos e técnicas agrícolas para a melhoria do solo, que por um lado favorece a expansão da agricultura e por outro lado, acarreta sérios impactos ambientais. Nesse contexto, é imprescindível rever as formas como o cerrado vem sendo ocupado e encontrar medidas para uma utilização sustentável do mesmo; repensar o modelo de desenvolvimento atual e criar urgentemente políticas que conciliem crescimento econômico com preservação do Bioma Cerrado. A pesquisa utiliza metodologia qualitativa, pois a mesma é uma forma de compreender a natureza de um fenômeno. Aplicou-se o total de 04 questionários aos agricultores, sendo 02 para os grandes agricultores e 02 para os pequenos agricultores, selecionados por amostragem.

Referência:

PIRES, Raphael da Silva Aguiar. A agricultura no processo de modificação do cerrado no município de Goiás-GO. 2015. 42 f., il. Monografia (Licenciatura em Geografia)—Universidade de Brasília, Universidade Aberta do Brasil, Cidade de Goiás-GO, 2015.

Disponível em:

);