Plano de Ação Nacional para Conservação de Lepidópteros

     ANO:

     2010-2015 (1º ciclo –

     finalizado).

     BIOMA:

     Amazônia, Caatinga,

     Cerrado, Mata Atlântica,

     Pampa, Pantanal.

INTRODUÇÃO:

 

“A ordem Lepidoptera inclui os insetos comumente chamados de borboletas e mariposas. Esses animais são provavelmente os invertebrados mais apreciados popularmente. Dotados de notável beleza, os lepidópteros são muito diversificados, com mais de 174.000 espécies descritas em todo o mundo.

Os lepidópteros não ocorrem somente nos pólos; há registros desde altitudes no nível do mar até pouco mais de 5.000m. Na região Neotropical há aproximadamente 45.000 espécies de mariposas e 8.000 de borboletas e no Brasil há cerca de 25.000 mariposas e 3.300 borboletas.

Esses animais têm grande importância ecológica, pois atuam em diferentes processos, destacando-se a polinização, predação de sementes, ciclagem de nutrientes, regulação das populações tanto de plantas como de outros animais, além de comporem a base de inúmeras cadeias tróficas importantes em todos os biomas terrestres.

Como resultado de sua relevância e conspicuidade entre os invertebrados, os lepidópteros perfazem hoje quase a metade (44%) dos invertebrados terrestres incluídos na última lista vermelha de espécies ameaçadas no Brasil.

No Brasil, 57 espécies de lepidópteros são consideradas ameaçadas de acordo com a Lista Oficial de Espécies Ameaçadas. Assim, o Instituto Chico Mendes – ICMBio, responsável pela definição das estratégias para conservação das espécies de fauna brasileira, pactuou junto com a sociedade um conjunto ordenado de ações, na forma de um plano de ação nacional (tendo como suporte a portaria 316/2009 entre o Ministério do Meio Ambiente e o ICMBio), o Plano de Ação Nacional para a Conservação dos Lepidópteros – PAN Lepidópteros aprovado por meio da Portaria ICMBio nº 92, de 27 de agosto de 2010”.

 

OBJETIVO:

 

“O Plano de Ação Nacional para Conservação dos Lepidópteros Ameaçados de Extinção foi finalizado após quatro oficinas de planejamento participativo. De 3 a 7 de agosto de 2010, foi realizada, em Curitiba/PR, oficina de atualização do PAN Lepidópteros contando com a participação de representantes de unidades de conservação federais, de órgãos estaduais de meio-ambiente, pesquisadores, especialistas e organizações não-governamentais. Nesta oficina foram estabelecidas, numa abordagem realista, factível e operacional, as metas e ações necessárias para a mudança no estado de conservação das espécies ameaçadas no PAN Lepidópteros, com o compromisso de articuladores, parceiros e colaboradores. Além da extensa compilação de informações relevantes sobre o grupo, foram também identificadas as principais ameaças às espécies ameaçadas, estabelecido o objetivo geral do Plano, oito metas a serem atingidas para sua conservação e 75 ações a serem desenvolvidas colaborativamente. O PAN Lepidópteros tem como objetivo a ampliação dos mecanismos de conservação de lepidópteros no Brasil, com ênfase nas espécies ameaçadas de extinção”.

 

Fonte: ICMBio. Sumário Executivo Do Plano De Ação Nacional Para Conservação Dos Lepidópteros Ameaçados De Extinção. [S.I] [2010?]. Disponível em: <https://www.icmbio.gov.br/portal/images/stories/docs-pan/pan-lepidopteros/1-ciclo/pan-lepidopteros-sumario.pdf>. Acessado em: 23 de maio de 2020.

 

ESPÉCIES AMEAÇADAS:

 

TAXON

NOME COMUM

CATEGORIA

INVERTEBRADOS TERRESTRES

Actinote zikani

Borboleta

CR

Dasyophthalma geraensis

Borboleta

CR

Dasyophthalma rusina delanira

Borboleta

CR

Drephalys mourei

Borboleta

CR

Eresia erysice erysice

Borboleta

CR

Euptychia boulleti

Borboleta

CR

Hyalyris leptalina leptalina

Borboleta

CR

Mcclungia cymo fallens

Asa-de-vidro

CR

Melinaea mnasias thera

Borboleta

CR

Mimoides lysithous harrisianus

Borboleta

CR

Morpho epistrophus nikolajewna

Borboleta

CR

Morpho menelaus eberti

Azul-seda

CR

Napeogenes rhezia rhezia

Borboleta

CR

Orobrassolis ornamentalis

Borboleta

CR

Parides bunichus chamissonia

Borboleta

CR

Parides burchellanus

Borboleta

CR

Parides panthonus castilhoi

Rabo-de-andorinha

CR

Pseudocroniades machaon seabrai

Borboleta

CR

Rhetus belphegor

Fadinha

CR

Dasyophthalma vertebralis

Borboleta

CR(PEX)

Doxocopa zalmunna

Borboleta

CR(PEX)

Hyalyris fiammetta

Borboleta

CR(PEX)

Arawacus aethesa

Borboleta

EN

Charonias theano

Borboleta

EN

Drephalys miersi

Borboleta

EN

Episcada vitrea

Borboleta

EN

Heliconius nattereri

Borboleta

EN

Heraclides himeros baia

Borboleta

EN

Heraclides himeros himeros

Borboleta

EN

Magnastigma julia

Borboleta

EN

Pampasatyrus glaucope boenninghauseni

Borboleta

EN

Pampasatyrus gyrtone

Borboleta

EN

Parelbella polyzona

Diabinha

EN

Parides ascanius

Borboleta-da-praia

EN

Paulogramma hydarnis

Borboleta

EN

Perrhybris pamela flava

Borboleta

EN

Petrocerus catiena

Borboleta

EN

Polygrapha suprema

Borboleta

EN

Scada karschina delicata

Borboleta

EN

Turmada camposa

Borboleta

EN

Voltinia sanarita

Borboleta

EN

Zonia zonia diabo

Borboleta

EN

Actinote quadra

Borboleta-palha

VU

Dirphia monticola

Mariposa

VU

Moschoneura pinthous methymna

Borboleta

VU

Olafia roscius iphimedia

Borboleta

VU

Panara ovifera

Borboleta

VU

Parapoynx restingalis

Mariposa

VU

Tithorea harmonia caissara

Borboleta

VU

Fonte: ICMBio. Plano de Ação Nacional para Conservação de Lepidópteros. [S.I]. Disponível em: < https://www.icmbio.gov.br/portal/faunabrasileira/plano-de-acao-nacional-lista/371-plano-de-acao-nacional-para-conservacao-de-lepidopteros >. Acessado em: 23 de maio de 2020.

);