Morfologia de grãos de pólen e esporos de níveis holocênicos de uma vereda do Chapadão dos Gerais (Buritizeiro, Minas Gerais), Brasil

Autoras:

Raquel Cassino e Karin Elise Bohns Meyer

Resumo:

Esporos de briófitas e pteridófitas e grãos de pólen de gimnospermas e angiospermas foram obtidos em quinze amostras de um testemunho de sedimentos holocênicos, de 150 cm de profundidade, coletado em uma vereda no Chapadão dos Gerais, em Buritizeiro (Minas Gerais, Brasil). As idades radiocarbônicas variaram entre 11.370+70 anos AP na base do testemunho e 1440+25 anos AP no nível do topo. Os 92 táxons identificados foram descritos em suas características morfológicas e abordados em seu habito e habitat, a partir das informações existentes para as plantas modernas relacionadas. As formas identificadas e ilustradas contribuem para o conhecimento da flora polínica do Cerrado e constituem material de referencia na identificação de palinomorfos em trabalhos de reconstituição do paleoambiente em áreas hoje cobertas ou relacionadas a este bioma.

Referência:

CASSINO, Raquel; MEYER, Karin Elise Bohns. Morfologia de grãos de pólen e esporos de níveis holocênicos de uma vereda do Chapadão dos Gerais (Buritizeiro, Minas Gerais), Brasil. Journal Of Geoscience, São Leopoldo, Rs, v. 1, n. 7, p. 41-70, jun. 2011. Disponível em: http://revistas.unisinos.br/index.php/gaea/article/view/4523. Acesso em: 31 ago. 2020.

);