Parque Estadual de Terra Ronca

A entrada da caverna Terra Ronca I e II está situada na área de Cerrado cuja fitofisionomia é de mata seca em área de montanha com incidência de área de pasto nas proximidades. A rodovia GO 108, não pavimentada, passa em frente à boca da cavidade. Na área interna da cavidade observaram-se formações alteradas e depredadas na entrada, no meio e no final da cavidade, com espeleotemas danificados e pisoteio do substrato. Esses impactos são causados pela atividade de visitação desordenada e atos de vandalismo, além do uso religioso com a festa da Romaria da Lapa de Terra Ronca, que ocorre uma vez ao ano na entrada da caverna e reuni uma multidão de pessoas e cavalarias de romeiros. Os dois atores usam a mesma área, porém o uso religioso só acontece na área de uso restrito e na entrada da caverna e os turistas utilizam toda a caverna para a visitação.

 

Fonte: ROCHA, Paula Regina Rezende. Avaliação dos impactos ambientais causados pelo espeleoturismo na caverna Terra Ronca do Parque Estadual Terra Ronca – GO/ Paula Regina Rezende Rocha. Planaltina – DF, 2017.

 

 

   

);