Educação Ambiental do Jardim Botânico de Brasília

A Diretoria de Educação Ambiental do Jardim Botânico de Brasília, composta pelas Gerências de Oficinas Pedagógicas, de Apoio Educacional e de Biblioteconomia, é responsável pela coordenação e execução de programas de sensibilização da comunidade escolar e sociedade em geral para a preservação e conservação do meio ambiente, além do resgate e valorização de conhecimentos tradicionais das populações do Cerrado por meio do contato com a natureza.

Os visitantes podem desfrutar de trilhas que atravessam diferentes fitofisionomias do Cerrado. Algumas apresentam placas que identificam as espécies vegetais mais comuns. Em todos os roteiros são destacados aspectos relevantes à preservação e conservação do Bioma Cerrado.

Existem espaços onde os grupos atendidos podem aprender sobre práticas sustentáveis, como a Casa de Permacultura, o Jardim de Cheiros e a Biblioteca do Saber, local para realização de oficinas e também para o projeto Tela Verde – desenvolvido em parceria com o Ministério do Meio Ambiente – MMA, que disponibiliza mais de 80 vídeos sobre temas ambientais.

  A Educação Ambiental também apoia ações de prevenção a incêndios, fazendo campanhas junto à vizinhança para evitar a queima de podas e de lixo em seus lotes.  

Os educadores ambientais do JBB atendem escolas da rede pública e particular de ensino, universidades e grupos em geral, agendados previamente. Os estudantes e o público em geral têm oportunidade de percorrer as trilhas e aprender sobre a flora e a fauna do Cerrado. O trabalho realizado com os visitantes possui abordagem científica em diálogo com  saberes tradicionais.

A visita guiada orienta para o acesso a uma ideia geral sobre o bioma em que vivemos, complementando na vivência o conteúdo teórico ministrado pelos espaços de educação formal. Os atendimentos acontecem de terça a quinta-feira nos períodos da manhã ou da tarde e na sexta-feira no período da manhã .

Existem dois padrões de visita:

  1. Visita com atendimento de um educador do próprio JBB, disponível para grupos de, no máximo, 45 estudantes. Os alunos devem ter mais de 12 anos.
  1. Visita com acolhimento, que seria apenas uma recepção para reforçar orientações sobre o JBB e seus espaços. Cada grupo deve ter no máximo 120 pessoas para não sobrecarregar as instalações.

A visita com Atendimento do educador do JBB dura no mínimo 1 hora. Entretanto, quanto maior a disponibilidade da turma, maior será a possibilidade de ampliar o aprendizado. A equipe do JBB desenvolveu alguns roteiros de visitação, mas pode haver adequações de acordo com o tamanho e necessidades do grupo e objetivos da visita. Geralmente o Cerrado é o eixo de todos os roteiros. Uns focados mais em fauna, flora e fitofisionomias, outros focados mais em conservação, água, solo e ecologia.

A equipe da Educação Ambiental está trabalhando para oferecer atendimentos aos estudantes com menos de 12 anos. Será necessário concluir algumas adequações de espaços e equipe.

Nas visitas com Acolhimento a responsabilidade pedagógica é da escola.

Orientações gerais:

O agendamento deve ser feito com no mínimo dez dias de antecedência, por email: (eajardimbb@gmail.com);

Ou pelos telefones: (61) 3248-0987 / (61) 99317-6202.

É preciso enviar as seguintes informações:

  • Nome da Instituição
  • Local (RA)
  • Faixa etária dos estudantes
  • Quantidade de estudantes
  • Telefone de contato

A taxa de visitação é de R$5,00. O pagamento é feito pelo responsável da escola no dia da visita. Professores e monitores também pagam. Escolas públicas, projetos sociais e instituições filantrópicas são isentos.

O transporte é de responsabilidade da escola.

O grupo pode trazer lanche para um piquenique em local específico após atividade. Recomenda-se a utilização de alimentos com a menor quantidade de embalagem possível como, por exemplo, frutas e verduras, com o intuito de evitar a poluição do JBB e consequentes prejuízos para a flora e fauna nativas.

Recomendamos, ainda, que os visitantes venham com roupa confortável, sapato fechado, chapéu ou boné e além de uma garrafa para água e protetor solar.

O principal é vir com o coração e mente abertas para conhecer um pouco mais do nosso bioma, o Cerrado.

 

Para saber mais sobre a visita orientada, acesse o link: http://www.jardimbotanico.df.gov.br/educacao-ambiental/visita-orientada/

);