Francisquinha - Raizeira, Parteira e Benzedeira (Goiânia-GO)

Cearense de nascença, primogênita dos 15 filhos de seus pais, aos 11 anos mudou-se com sua família para o Tocantins, estado onde trabalhou duro na roça, em casas de outras pessoas lavando roupa, produzindo alimentos e ajudando a cuidar de seus irmãos mais novos… Ainda em Tocantins se casou, teve seis filhos, aprendeu a usar as ervas com sua mãe Dona Justina e a ser parteira com Dona Maria Valentinho, em Araguaçu.
Católica praticante e sempre da luta, ajudou na criação da Pastoral da Saúde em Araguaçu, benzia crianças e fazia lombrigueiros, multimistura e outros remédios caseiros para famílias carentes.
Aos 50 anos, mudou-se para Goiânia para cuidar dos netos e lá reside até hoje. Desenvolveu diversos trabalhos importantes lá também como a criação da Pastoral da Saúde na Paróquia Cristo Rei e junto com outras mulheres ajudou muitas famílias. Fez parte até do Conselho Municipal de Saúde, do MOPS-Movimento Popular de Saúde, Conselho de Saúde do Parque Atheneu e hoje ainda é membro da Articulação Pacari, da Associação Nacional das Práticas Integrativas de Saúde e da Associação Feira do Cerrado, entre outros.
Já nos deu o prazer de estar conosco no RAÍZES, benzendo nas Corredeiras, participando das rodas de prosa, das trocas de saberes com parteiras, mas nas últimas edições, por problemas de saúde, não pode estar presente, mas vibrou e orou por nós à distância.


Texto: Daniela Ribeiro

);