Revista Pesquisa FAPESP

Editada pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), a revista Pesquisa FAPESP foi lançada em outubro de 1999. O objetivo básico da publicação é difundir e valorizar os resultados da produção científica e tecnológica brasileira, da qual a FAPESP é uma das mais importantes agências de fomento.

Trata-se da única publicação jornalística do país especializada no segmento de ciência e tecnologia que tem por foco primordial a produção científica nacional, apesar de cobrir pontualmente as novidades internacionais. Por isso, a revista funciona como um polo de contato e reconhecimento contínuo dos pesquisadores brasileiros e como referência indispensável para as editorias de ciência e tecnologia dos veículos de comunicação nacionais.

Pesquisa FAPESP tem uma tiragem por volta de 30.000 exemplares e é resultado da evolução editorial do informativo Notícias FAPESP. Lançado em agosto de 1995, o informativo começou com uma distribuição gratuita para os pesquisadores paulistas, gestores da política nacional de ciência e tecnologia e jornalistas. Quatro anos mais tarde virou revista.

Desde março de 2002, além de ser enviada para uma seleta carteira de assinantes subsidiados composta de pesquisadores, Pesquisa FAPESP conta com assinaturas pagas, recebe publicidade e é comercializada em bancas de jornais no estado de São Paulo e nas principais cidades brasileiras.

Edição online – O site de Pesquisa FAPESP traz a íntegra de todos os textos publicados na revista, da edição de número 1 à mais recente. Traduções para o inglês e o espanhol das reportagens da revista também estão disponíveis no site. As versões em língua estrangeira das matérias são disponibilizadas aos poucos, à medida que os textos são traduzidos.

O endereço eletrônico de Pesquisa FAPESP também publica notícias sobre ciência e tecnologia especialmente produzidas para o meio digital. O site ainda publica vídeos e galerias de fotos, complementares ou não ao conteúdo da edição impressa.

Todo o conteúdo do site é de acesso aberto e gratuito.

Sugestões e críticas sobre a revista, tanto impressa como on-line, são bem-vindas. Para tanto, basta enviar um e-mail para a redação: cartas@fapesp.br