Foto: Realizart Produção Audiovisual

Os irmãos José das Dores Fernandes (Zé Mulato) e João Monteiro da Costa Neto (Cassiano) fazem parte da mais fina linhagem de duplas caipiras brasileiras. Nascidos no interior de Minas Gerais, conheceram a viola ainda na infância. Em 1969 foram para Brasília tentar a vida como músicos e, depois de muito trabalho, conseguiram gravar seu primeiro disco em 1978. De lá para cá foram várias gravações e participações em coletâneas. Eles se apresentaram na Sala Funarte Cássia Eller em 2006. 

 

Nascidos na cidade de Passabém, no interior de Minas Gerais, os irmãos Zé Mulato e Cassiano cresceram rodeados de música. Zé Mulato começou a tocar a viola caipira sozinho, aos 12 anos, e desde 1972 a dupla traça sua trajetória de sucesso dentro da cultura caipira. Em mais de 35 anos de carreira, Zé Mulato e Cassiano já lançaram mais de 10 CDs, além de um documentário sobre a carreira da dupla, lançado quando os irmãos completaram 30 anos de estrada.

 

André e Andrade vêm de uma família com mais de 10 irmãos, formada na cidade de Itaguari, Goiás. Acompanhados pelo pai, que era compositor e catireiro, eles tocavam viola nas festas de Folia de Reis, quando ainda eram crianças. Atualmente, somam 46 anos de carreira e quase 20 álbuns gravados.

 

Zé Mulato & Cassiano visitam o Brasil Caipira. TV Brasil EBC, 2019. Disponível em: <https://tvbrasil.ebc.com.br/brasil-caipira/2019/07/ze-mulato-cassiano-abrem-a-cantoria-no-brasil-caipira>. Acesso em: 21 de junho de 2020.
Zé Mulato e Cassiano na Série Pauta Funarte. Sala Funarte, 2006. Disponível em: <http://portais.funarte.gov.br/brasilmemoriadasartes/acervo/serie-cartazes-da-sala-funarte/ze-mulato-e-cassiano-na-serie-pauta-funarte/>. Acesso em: 21 de junho de 2020.
 
 

Os irmãos Zé Mulato e Cassiano – duplo esteio da resistência cultural caipira brasileira. O Brasil há muito os reconhece, razão pela qual estará continuamente a enaltecer-lhes a glória merecida pelo preeminente serviço prestado às tradições do sertão, de cujas raízes são legítimos defensores. No seu repertório a dupla apresenta diversidade rítmica e poética numa viagem pela história dos seus 40 anos de carreira e suas músicas que falam quase sempre de elementos comuns ao povo verdadeiramente brasileiro e a cultura caipira, como por exemplo o crescimento do interesse dos jovens pela viola, na música “Sangue Novo”, obesidade em “o Drama da dieta”, os saberes populares em “Ciência matuta”, em “Sincero convite”, a Brasília dos anos 70 era toda a prosperidade, já em “Caipira de gravata”, a visão de quem trabalhou por 30 anos na câmara dos deputados. Crise hídrica e outras situações do nosso cotidiano podem ser observadas em canções como “A primeira chuva” e “previsão do tempo”. A música de Zé Mulato e Cassiano é a que mais representa a cultura do povo do sertão e das cidades do Brasil.

 

História da Dupla. Zé Mulato e Cassiano – Site Oficial, 2020. Disponível em: <http://zemulatoecassiano.com.br/historia/>. Acesso em: 21 de junho de 2020.

Tel: (61) 3301-5888 / 9 9931-7019 / 98427-2123

E-mail: violabrashow@gmail.com

Site: zemulatoecassiano.com.br

Facebook: Zé Mulato e Cassiano

Youtube: Zé Mulato e Cassiano Oficial

Twitter: @OficialZMeC

Instagram: @zemulatoecassianooficial

Spotify: Zé Mulato e Cassiano

Deezer: Zé Mulato e Cassiano