Sertão Serrado

Link para filme

Direção e montagem: Dagmar Talga. 


Roteiro: Dagmar Talga, Murilo Mendonça Oliveira de Souza 


Edição: Deivid Eduardo Borges.


Locução: Eduardo Tornaghi 


Arte gráfica: Janiel Divino de Souza 


Imagens: Dagmar Talga, Murilo Mendonça Oliveira de Souza, Janiel Divino de Souza, Jaqueline Vilas Boas Talga, Arquivo CPT, Arquivo GWATÁ 


Fotos: Dagmar Talga, Murilo Mendonça Oliveira de Souza 


Pesquisa: Dagmar Talga, Murilo Mendonça Oliveira de Souza, Isolete Wichinieski, Elvis Marques.


Trilha: Eduardo Paiva, Dagmar Talga, Isolete Wichinieski 

 

Produção: Coordenação da Articulação das CPT´s do Cerrado, Elvis Marques, Murilo Mendonça Oliveira de Souza, Janiel Divino de Souza, Dagmar Talga, Jaqueline Vilas Boas Talga, Tiago Camarinha Lopes, Luiz Salgado, Roberta Caiado. 


Produção Executiva: Comissão Pastoral da Terra – CPT, Núcleo de Agroecologia e Educação do Campo – GWATÁ/UEG.


Realização: Comissão Pastoral da Terra – CPT e Essá Filmes Duração: 40.03 minutos


 Apoio: Núcleo de Agroecologia e Educação do Campo – GWATÁ/UEG, Prelazia de São Felix do Araguaia – MT, Mosteiro da Anunciação – Goiás/GO.

O filme Sertão Serrado integra a Campanha Nacional em Defesa do Cerrado (Sem Cerrado, Sem Água, Sem Vida), retratando o Cerrado brasileiro e a resistência dos povos tradicionais e originários, além dos conflitos agrários, o avanço da monocultura intensiva de grãos, a pecuária extensiva e os grandes empreendimentos hidrográficos e minerais. Diante do intenso processo de degradação dos bens naturais do Cerrado, o filme indica também, a partir dos conhecimentos científicos e populares, caminhos para a conservação deste bioma, especialmente da água, e para a construção de uma nova relação do povo que o habita.