Cris Maia

Cris Maia faz parte da terceira geração de artistas de sua família, por esse motivo, teve a sorte de conviver com vários mestres da arte. Todo o seu trabalho é baseado em criação intuitiva e espontânea. Aos 14 anos trabalhou com cerâmica na fábrica de cerâmica do seu pai. Sua formação acadêmica foi em economia por uma necessidade de poder entender melhor áreas das quais lhe dariam meios de administrar o comercio de artes da família. Aos 27 anos, se mudou para Recife – PE (2001), onde participou de diversas oficinas (papel marchê, papietagem, pintura em tecidos) e desenvolveu o trabalho de pintura em tecidos e telas. Em Porto de Galinhas- PE, fez trabalhos de decoração. Em 2004 fez curso e deu aulas de joalheria na Escola Marcio Mordente em São Paulo-SP. Nesse mesmo ano, saiu de São Paulo-Capital, para morar no interior. Em busca de qualidade de vida e inspiração na natureza, montou um atelier no povoado de São Jorge, localizado na cidade de Alto Paraíso de Goiás-GO, região da Chapada dos Veadeiros. O local é conhecido pela natureza exuberante, cuja natureza até hoje é a sua maior fonte de inspiração devido a biodiversidade do Cerrado brasileiro e a cultura do povo local.
           No povoado de São Jorge-GO, ministrou aulas de pintura para as crianças do projeto “Turma que faz”, coordenado por Doroti Marquez, e oficinas de aquarela para adultos. Em 2008 inaugurou a galeria de artes Preguiça, no povoado de São Jorge-GO. Em abril de 2009, escreveu o roteiro e atuou em performance artística com pintura corporal sobre meio ambiente na Feira de Jorge, realizada no ponto de cultura Cavaleiro de Jorge. Em agosto de 2009, realizou e produziu um curso de xilogravura, ministrado no próprio atelier, para a população local. Em 2014 publicou um caderno de colorir para crianças, com temas da biodiversidade do Cerrado brasileiro, com objetivo de educar e dar maior importância a preservação do cerrado. Em 2015 escreveu e ilustrou um oráculo com o nome de “Oráculo da Natureza”. Devido ao grande sucesso das obras e trabalhos, em 2015 foi inaugurada a segunda galeria no centro da cidade de Alto Paraíso-GO, com o objetivo da expansão do trabalho de arte na região, bem como, para maior difusão das artes plásticas e empoderamento dos artistas.
         Atualmente, faz a reprodução técnica de suas obras de maneira conceitual, seja com escopo ambiental seja educacional. No confinamento está realizando estudos de técnica narrativa no desenho para livros infantis e criação de personagens . Ilustrando livro infantil e criando conteúdo em redes sociais, fazendo e editando vídeos diversos em seu canal no youtube, está também criando curso online de técnicas criativas de aquarela.

Exposições individuais:

2005:  Pousada Casa das Flores, “Flores do Cerrado” óleo e acrílico s/ tela em Alto Paraiso de Goiás, Brasil.

2005:  Praça do Artesão, “Cores da natureza”, primeiro evento do “Abril a Temporada”, Óleo e acrílico s/ tela em Alto Paraiso de Goiás, Brasil.

2004: Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros “Aquarelas”, em Alto Paraíso de Goiás.

2012: Instituto OCA Brasil, “Magia”, acrílico sobre tela em Alto Paraíso de Goiás.

2018: Instituto OCA Brasil, FÉsta, acrílico sobre tela em Alto Paraíso de Goiás.

Exposições coletivas:

2001: “Festarte” movimento artístico no bairro do Ipiranga, São Paulo- SP, Brasil.

2002:  Feira de artes da Ilha Grande, Angra-RJ, Brasil.

2004:“Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros”,  São Jorge-GO, Brasil.

2004:  “Feira Mix”, São Jorge-GO.

2005: “Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros, São Jorge-GO, Brasil.

2005:  “Primeiro Festival de Música Instrumental”, Cavalcante-GO, Brasil.

2006: “Encontro de Povos da Chapada”, Alto Paraíso-GO, Brasil.

2006: “Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros”, São Jorge-GO, Brasil.

2007: Café da Rua 8,Cerrado, Brasília-DF, Brasil.

2007: “Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros”, São Jorge-GO, Brasil.

2007: “Terceiro Festival de Música Instrumental de Cavalcante”, Cavalcante-GO, Brasil.

2007: “Pousada dos Guarás”, Ilha de Marajó-PA, Brasil.

2008: “Pousada Águas de Março, evento “Abril a Temporada”, São Jorge-GO, Brasil.

2008: “Bienal Naif”, SESC Piracicaba-SP, Brasil.

2008: “Encontro Afro”, Goiânia-GO.

2008:  “Bazar do artista plástico Lourenço de Bem”, Brasília-DF.

2009:  “Feira de Jorge”, São Jorge-GO.

2009:“Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros”  São Jorge-GO.

 

Publicações:

 

Capa do Brasília Tur, guia de turismo de Brasilia, diretor Carlos Henrique Bodê tel. 55 6133867831.

Capa do mapa do evento “Ilumina” da Chapada dos Veadeiros-GO nos anos de 2016, 2017 www.ilumina.com.br

Guia Quatro Rodas . isbn 9788536413945

Oráculo da Natureza.  isbn: 9/8-85-924580-0-3

 

 

Quadro em acrílico sobre tela, título “Gaia”, no museu Carmen Miranda, da cidade de Marcos de Canaveses em Portugal.

Essas obras representam a inspiração de uma mudança de vida, da cidade para a natureza, a escolha de mudar de vida de pisar descalço, de olhar o horizonte de acreditar na magia da vida, escolha que para mim representou o desapego de deixar a família, o conforto e facilidades da grande cidade e acreditar que no interior do Brasil, era possível ter uma vida mais simples porem muito mais feliz. Para muitos isso pode significar uma ato de coragem ou até loucura, mas para mim foi a vontade e a certeza de que eu iria ter um grande encontro comigo mesma, com a natureza e com a arte, coragem essa que hoje eu chamo de vitória, a vitória de quem ousou um pouquinho mais e encontrou um mundo mais colorido e mais em paz. Então com consciência desembrulho aqueles presentes que tanto pedi a vida: um pouco mais de sabedoria, um pouco mais de fé, um pouco mais de vida.

Facebook: CRIS MAIA – @vivamaia

Tel.: (61) 9 96288844

Site: https://www.ateliepreguica.com.br/

 

Conheça um pouco da arte de Cris Maia: