Phimosus infuscatus (Lichtenstein, 1823)

Vocalização

Nome(s) popular(es)

Tapicuru, Tapicuru de Cara Pelada, Maçarico Preto, Maçarico do Banhado (Sul), Chapéu Velho, Frango D’Água.

História Natural

Ave associada a ambientes abertos úmidos e alagados, podendo ser encontrado em brejos, banhados, campinas, margens de rios e lagos e campos recentemente arados. É típica dos Llanos Venezuelanos, Cerrado, Pantanal, Pampas, e os Chacos Bolivianos. No Cerrado está presente nos campos alagados, veredas e savanas. Vive em grupos, que podem ser vistos voando, indo ou voltando dos locais de descanso. Repousa empoleirado em áreas abertas ou pousado no chão. Se alimenta vasculhando o solo lamacento ou a água rasa com o bico curvo e comprido enquanto caminha vagarosamente, atrás de crustáceos, moluscos, insetos e vermes, e também pode ingerir folhas e sementes. Se reproduz no começo da estação chuvosa. Os casais costumam se separar do grupo para construir os ninhos, feitos com gravetos e folhas secas entre os juncos e capins, ou sobre galhos baixos. São postos até 4 ovos, de cor pardo azulado.

Descrição

Mede entre 46 e 54 cm de comprimento. Possui a coloração geral preta, com a face nua vermelha, bico longo, fino e curvo de cor creme claro, e patas avermelhadas. Apesar de possuir um leve tom brilhoso esverdeado nas asas, esse geralmente fica escondido quando está pousado, portanto sua face e patas avermelhadas e coloração preta, uniforme e fosca, são boas maneiras para diferenciá-lo do Coró Coró, que possui tons verdes vivos.

Distribuição

Ocorre em duas principais áreas distintas da América do Sul: uma mais ao norte, abrangendo Colômbia, Venezuela, Equador, Suriname e Guianas, e uma mais no centro leste do continente, incluindo boa parte do Brasil, Paraguai, Uruguai, leste da Bolívia e nordeste da Argentina.

Conservação

Pouco preocupante: não é considerado ameaçado (ICMBio e IUCN) e suas populações parecem estar estáveis (IUCN).

Referências

BirdLife International 2016. Phimosus infuscatus . The IUCN Red List of Threatened Species 2016: e.T22697418A93613032. http://dx.doi.org/10.2305/IUCN.UK.2016-3.RLTS.T22697418A93613032.en. Downloaded on 20 December 2019.

 

Clements, J. F. (2012). The Clements Checklist of Birds of the World. Cornell: Cornell University Press.

 

Grose, A. V., Cremer, M. J., & Moreira, N. (2014). Reprodução de aves aquáticas (Pelicaniformes) na ilha do Maracujá, estuário da Baía da Babitonga, litoral norte de Santa Catarina. Biotemas, 27(2), 117-127.

 

Gwynne, J. A., Ridgely, R. S., Argel, M., & Tudor, G. (2010). Guia Aves do Brasil: Pantanal e Cerrado. São Paulo: Horizonte.

 

Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade. 2018. Livro Vermelho da Fauna Brasileira Ameaçada de Extinção. Brasília: ICMBio. 4162 p.

 

Matamala, M., A. Echeverri, I. Medina, E. N. Salazar Gómez, V. Alarcón, and C. D. Cadena (2012). Bare-faced Ibis (Phimosus infuscatus), version 1.0. In Neotropical Birds Online (T. S. Schulenberg, Editor). Cornell Lab of Ornithology, Ithaca, NY, USA. https://doi.org/10.2173/nb.bafibi1.01

 

Matheu, E., del Hoyo, J., Garcia, E.F.J., Boesman, P. & Kirwan, G.M. (2019). Bare-faced Ibis (Phimosus infuscatus). In: del Hoyo, J., Elliott, A., Sargatal, J., Christie, D.A. & de Juana, E. (eds.). Handbook of the Birds of the World Alive. Lynx Edicions, Barcelona. (retrieved from https://www.hbw.com/node/52772 on 20 December 2019).

 

Petry, M. V., & Fonseca, V. S. D. S. (2005). Breeding success of the colonist species Bubulcus ibis (Linnaeus, 1758) and four native species. Acta Zoologica, 86(3), 217-221.

 

Scherer, J. D. F. M., Scherer, A. L., & Petry, M. V. (2010). Estrutura trófica e ocupação de hábitat da avifauna de um parque urbano em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil. Biotemas, 23(1), 169-180.

 

Sick, H. (1997). Ornitologıa brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira.

 

Silva, J. M. C. da (1995). Birds of the cerrado region, South America. Steenstrupia, 21(1), 69-92.

 

Wikiaves. (2018). Tapicuru. Recuperado em 20 de dezembro, 2019, de https://www.wikiaves.com.br/wiki/tapicuru

);