Drymoluber brazili (Gomes, 1918)

Ecologia

Drymoluber brazili (Gomes, 1918) é uma espécie terrestre e diurna, com dentição áglifa. Informações sobre sua história natural não são muito conhecidos, visto que se trata de uma espécie rara, mas aparentemente se alimenta de lagartos. Seus principais métodos defensivos são de vibrar a cauda. Seu nome científico é uma homenagem a Vital Brazil, uma das primeiras pessoas a trabalharem com soro antiofídico no Brasil.

Fitofisionomia

Habita principalmente ambientes de Cerrado.

Distribuição

Porção central do Cerrado e regiões de ecótono, nos estados de Bahia, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Piauí, São Paulo.

Referências

França, F.G.R., Mesquita, D.O., Nogueira, C.C. & Araújo, A.F.B. (2008). Phylogeny and ecology determine morphological structure in a snake assemblage in the central brazilian Cerrado. Copeia 1:23-28

 

Costa, H.C., Moura, M.R., Feio, R.N. (2013). Taxonomic revision of Drymoluber Amaral, 1930 (Serpentes, Colubridae). Zootaxa 3716(3): 349-394