Guilhotina Especial - Impactos da pandemia nos povos do Cerrado e na biodiversidade

Episódio especial do Guilhotina com a Campanha Nacional em Defesa do Cerrado e a ActionAid Brasil discute os impactos da pandemia nos povos do Cerrado e na biodiversidade.

Episódio especial do Guilhotina com a Campanha Nacional em Defesa do Cerrado e a ActionAid Brasil discute os impactos da pandemia nos povos do Cerrado e na biodiversidade. Bianca Pyl e Luís Brasilino recebem Maria do Socorro Teixeira, Helena Lopes e Maurício Correia. Quebradeira de coco babaçu e agricultora familiar da região do Bico do Papagaio, em Tocantins, Socorro é presidenta da Rede Cerrado e da Associação de Mulheres Trabalhadoras Rurais do Bico do Papagaio e integra o Movimento Interestadual das Quebradeiras de Coco Babaçu. Helena é especialista em agroecologia e justiça climática da ActionAid e doutoranda no Programa de Pós-Graduação de Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. E Maurício é advogado popular, membro da coordenação da Associação de Advogados de Trabalhadores Rurais (AATR) na Bahia e especialista em Direitos Sociais do Campo pela Universidade Federal de Goiás. Falamos sobre o livro “Saberes dos povos do Cerrado e biodiversidade”, publicado pela Campanha Nacional em Defesa do Cerrado, e outras pautas importantes para os povos e comunidades tradicionais desse bioma. Em pauta, a importância do Cerrado no equilíbrio ambiental de todo o Brasil, as pressões exercidas pelo agronegócio na região, os impactos da pandemia e muito mais!

Ouça em seu tocador favorito ou dê o play:

Impactos da pandemia nos povos do Cerrado e na biodiversidade (diplomatique.org.br)