JOGO DA BIODIVERSIDADE Educação Ambiental PROBIO

tabuleiro

O jogo educativo de tabuleiro BIODIVERSIDADE

O jogo educativo é uma atividade em grupo que promove o aprendizado por meio do envolvimento lúdico e prazeroso, a partir do desenvolvimento de uma dinâmica baseada em regras pré-defi nidas que defi nem o seu contexto. De modo geral, o jogo educativo tem como objetivos, “reforçar a motivação para o estudo, através de atividades dramáticas e lúdicas”, “educar para a tomada de decisões”, e “educar o impulso competitivo para a solidariedade e cooperação”, segundo Andreola (2001).

Neste sentido, procurou-se desenvolver um jogo que, ao mesmo tempo em que fosse dinâmico e pudesse ser jogado num tempo médio de 40 minutos (duração de uma aula), incentivasse a cooperação e não a competição individualista.

Um elemento funcional no jogo educativo de tabuleiro desenvolvido é o sistema de pagamento e recebimento de dinheiro e bônus, que procura representar a dinâmica de pagamento de multas por crimes ambientais ao órgão fiscalizador do meio ambiente, do qual uma parte dos recursos reverte para o Fundo Nacional do Meio Ambiente (FNMA). O FNMA tem como objetivo desenvolver os projetos que visem ao uso racional e sustentável de recursos naturais, incluindo a manutenção, melhoria ou recuperação da qualidade ambiental no sentido de elevar a qualidade de vida da população brasileira, e usa, para isso, o montante de recursos arrecadados para fi nanciar projetos de conservação da natureza.

Um outro elemento importante na dinâmica do jogo, e que certamente constitui um atrativo para os alunos jogarem, é a sua identificação com um animal integrante da Biodiversidade Brasileira. Para o jogo, foram selecionados oito animais, todos apresentados nos portifólios e representando um Bioma Brasileiro diferente, mais um representante dos Temas Especiais. Dos oito animais que precisam ser salvos, seis estão na Lista Nacional das Espécies da Fauna Brasileira Ameaçadas de Extinção do Ministério do Meio Ambiente.

O jogo educativo de tabuleiro produzido tem como objetivos:

  1. i) auxiliar cada animal a chegar em seu respectivo habitat natural e,
  2. ii) impedir que Espécies da Fauna Brasileira Ameaçadas de Extinção desapareçam para sempre da natureza, deixando de integrar a Biodiversidade Brasileira. Os animais serão salvos quando puderem voltar ao seu ambiente natural.

À medida em que vão sendo salvos, eles são recolocados em seu ambiente natural no mapa dos Biomas Brasileiros. Para levar os animais a seu respectivo habitat, os jogadores devem cooperar uns com os outros para que juntos superem as dificuldades encontradas pelo caminho (conflitos socioambientais reais que existem em todos os Biomas Brasileiros). E para continuar colaborando com seu bônus e seu dinheiro, o jogador permanece até o final do jogo mesmo que o animal, que está conduzindo, seja salvo ou extinto.

Os oito animais são os seguintes:

  • Arara azul de Lear (Anodorhynchus leari), ave nativa do Bioma Caatinga que está criticamente em perigo.
  • Muriqui do Norte (Brachyteles hypoxanthus), mamífero/primata nativo do Bioma Mata Atlântica que está criticamente em perigo.
  • Peixe-boi marinho (Trichechus manatus), mamífero marinho (Bioma Ambientes Costeiro e Marinho) que está criticamente em perigo.
  • Caboclinho-do-chapéu-cinzento (Sporophila cinnamomea), ave nativa do Bioma Campos Sulinos que está em perigo.
  • Ariranha (Pteronura brasiliensis), mamífero nativo do Bioma Pantanal que está vulnerável.
  • Lobo guará (Chrysocyon brachyurus), mamífero nativo do Bioma Cerrado que está vulnerável.
  • Tracajá (Podocnemis unifilis), réptil nativo do Bioma Amazônia e que não está na lista de espécies ameaçadas.
  • Ratão do banhado (Myocastor corpus), mamífero/roedor nativo de Áreas Úmidas do Bioma Campos Sulinos (representante dos Temas Especiais) que não está na lista de espécies ameaçadas.

O grau de ameaça, ou seja, a categoria em que se encontra na Lista Nacional das Espécies da Fauna Brasileira Ameaçadas de Extinção ou o fato de não fazer parte da referida lista determinam o valor a ser pago para salvar uma espécie no jogo.

Tal como na vida real, aquelas espécies mais ameaçadas requerem um maior grau de investimento (recursos financeiros) nos projetos para alcançar seus objetivos de conservação. As espécies que não fazem parte da Lista Nacional podem ser contempladas com iniciativas para sua conservação, mas receberão prioridade menor em termos de políticas públicas, tendo por isso um valor menor a ser pago para ser salva no jogo.

A existência da “casa” da Comissão Nacional da Biodiversidade (CONABIO) no tabuleiro permite que os jogadores decidam, de comum acordo, qual das três espécies criticamente em perigo deverá ser escolhida para ser salva, e representa um incentivo à cooperação e tomada de decisão, simulando uma política pública de conservação da Biodiversidade. A decisão de salvar uma das três espécies criticamente em perigo representa, assim, uma simulação da reunião do CONABIO que escolhe um projeto para ser apoiado financeiramente, e que pode salvar uma espécie criticamente em perigo. Da mesma forma, outras “casas” do jogo representam políticas públicas reais voltadas para promover a participação da sociedade civil no debate em torno das questões ambientais, como a Conferência Nacional do Meio Ambiente e o Fórum de Áreas Protegidas, além do próprio Projeto de Conservação e Utilização Sustentável da Diversidade Biológica Brasileira (PROBIO).

Finalmente, um último esclarecimento acerca do jogo: os dados e, por conseguinte, a introdução do elemento sorte, visa apenas aumentar o envolvimento no jogo, sem introduzir o caráter competitivo, visto que as casas do trajeto no tabuleiro, que os jogadores tem que percorrer, contém diversas situações que levam à cooperação entre os jogadores para salvar as espécies da fauna, sem vencedores individuais.

Mesmo o jogador que conseguiu salvar a espécie do qual era o representante, continua jogando para auxiliar, financeiramente, os outros jogadores a salvar suas respectivas espécies da fauna, constituindo algo semelhante a uma rede de ambientalistas que trocam apoio mútuo e desenvolvem ações conjuntas em prol do meio ambiente.

O jogo termina, e todos ganham, quando se define o destino de todas as espécies que participam do jogo!

Para conhecer o Jogo da Biodiversidade, clique aqui.