O que é o Eco-Museu?

Os Ecos Museus e Museus Abertos são unidades de conservação e desenvolvimento autossustentável que buscam o equilíbrio entre o ser humano, o meio ambiente e a cultura, preservando a biodiversidade e a multiculturalidade.

O que nos une hoje é o nossso amor ao Cerrado. Sendo assim, o EcoMuseu do Cerrado Laís Aderne é um espaço de preservação cultural e ambiental do Cerrado e a sua sociobiodiversidade que se expande na medida que mais pessoas entram com os seus projetos/ações, individuais, coletivas ou institucionais. Sem paredes nem portas, a ideia do EcoMuseu do Cerrado Laìs Aderne é que cada parque, casa, praça, rua, rio, reserva, escola de cada cidade, no campo e na cidade, faça parte do museu através das ações positivas dos seus habitantes. Para isso, cada membro fará parte de um roteiro socio-cultural para promover uma leitura sobre o cerrado, estabelecendo calendários culturais, trilhas, atrações, oficinas educativas, piqueniques, recreação, seminários, feiras e experiências pedagógicas e gastronômicas para que as pessoas possam visitar os diferentes locais do Ecomuseu, além da divulgação de conhecimentos sobre a sociobiodiversidade do cerrado. Cada pessoa/instituição/lugar que desenvolva um projeto/ação sociocultural e ambiental fará parte do Eco-museu.

Os objetivos do Eco-museu são:

  • resgatar a história das cidades e a eco-história do Cerrado, tendo como foco a educação ambiental e ecologia humana, incentivando a VISÂO SISTÊMICA sobre as interrelações entre sociedade, cultura e natureza.
  • contribuir para preservar, conservar e resgatar o Bioma Cerrado e a sua identidade cultural dentro do DF e o entorno, com base no planejamento biorregional e por meio de ações planejadas cooperativamente, voltadas para a conservação do Cerrado e o uso sustentável dos recursos naturais.
  • preparar os professores para assumirem os novos paradigmas da Educação que pressupõe a integração entre o Fazer, o Pensar e o Sentir para interagir com as comunidades locais.
  • promover a preservação patrimonial – natural, material e imaterial – a partir de acervos bibliográficos, videográficos, fonográficos e monográficos
  • divulgar pesquisas sobre o Cerrado do ponto de vista histórico, social, cultural, ambiental, geográfico, biológico, arqueológico e geológico.
  • resgatar a memória pessoal, social e ambiental e a identidade das cidades através do diálogo de saberes e a manutenção e valorização de seus fazeres, saberes e tecnologias, atentos ao envolvimento, inclusão e interação das diversidades.
  • partilha e troca de sementes, receitas, remédios e conhecimentos entre as cidades.
  • verificar as vocações profissionais para formar recursos humanos e estimular a produção local para o eco-turismo.
  • sensibilizar as comunidades quanto ao ambiente em que moram e mostrar que o que produzem tem valor socioambiental para garantir a melhoria da qualidade de vida das populações locais.
  • gerar conhecimento transdisciplinar através de atividades e pesquisa nas áreas de cultura, educação, sociedade e natureza, tecnologias tradicionais e contemporâneas para criar multiplicadores para uma ecologia ambiental, humana, social e planetária.
  • construir uma rede de especialistas de diferentes áreas do conhecimento; não somente doutores, mas também grandes mestres com outros níveis de conhecimento não acadêmico.

Decidimos que a melhor estrutura para o Eco-Museu seria através de uma rede como um sistema aberto em permanente construção tanto individual como coletiva. A rede é um conjunto de relações que já existe dentro de cada grupo/instituição que são fontes de reconhecimento, de sentimento, de identidade, de pertencimento, de competência e de ação; essas relações internas passarão a conectar-se física e virtualmente com os outros grupos que fazem parte do EcoMuseu. As redes sociais são constituídas por relações ou elos entre as pessoas para que seja uma fonte direta ou indireta de ajuda mútua e solidariedade. Desta maneira cada grupo/instituição mantêm sua autogestão e teremos uma horizontalização de responsabilidades e compromisso entre todos dentro do EcoMuseu.